Dicas e Novidades

Saiba o que não pode faltar na dieta para as crianças

Publicado em 12/07/2016 às 15h22

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os pequenos hoje consomem pouca comida de qualidade. Prova disso é que, segundo a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), 7,3% das crianças brasileiras com menos de cinco anos têm sobrepeso.

Uma pesquisa online, feita pela Proteste Associação de Consumidores com 123 pais, no início do ano, revelou que 36% das crianças comem fast food de três a quatro vezes por semana.

Elementos essenciais na dieta para criança

Antes de definir um cardápio alimentar, é essencial considerar a idade e o histórico de vida do paciente. O que se pode antecipar é que todos os grupos alimentares são importantes.

Proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais e gorduras, se consumidos em suas devidas quantidades, auxiliam para um estilo de vida saudável. Independente da faixa-etária.

Mas no caso das crianças, especialmente, é preciso garantir o consumo suficiente de alimentos ricos em proteínas. Carnes e leites, por exemplo, são essenciais na formação de ossos e músculos.

As vitaminas e o ferro também precisam estar presentes no cardápio infantil, por isso é importante a inclusão de frutas, legumes, verduras e cereais nas refeições. É necessário lembrar, igualmente, que a alimentação da criança costuma ser reflexo dos hábitos alimentares dos pais.

Adotar uma dieta mais equilibrada, portanto, é tarefa mais fácil quando realizada em conjunto, com participação de toda a família. Uma boa dica é solicitar a ajuda dos pequenos na cozinha, para que elas possam ter uma relação mais próxima com o alimento.

Vale chamar os filhos para ajudar a temperar ou lavar os vegetais da salada, por exemplo. Se eles não gostarem de salada, a sugestão é fazer molhos com ingredientes caseiros para temperar, à base de mel, mostarda, queijo magro ou iogurte.

As fibras também são indispensáveis, pois ajudam o intestino a funcionar bem. Por isso, lembre-se de incluir receitas como mingau de aveia, purê de batata-doce, goiaba e maçã.

Outra alternativa para que o seu filho coma melhor é trazer um apelo lúdico ao prato. Utilize as frutas, por exemplo, para formar um rostinho sorridente. Se a criança ainda encontrar resistência em comer bem, ter o acompanhamento de um profissional da área da nutrição é uma opção ideal.

voltar para Dicas e Novidades

left show fwR tsY bsd sbww b03s c05|left tsN fwR show b03s bsd|left show b03s bsd tsN fwR|sbse||image-wrap|news login fwB fwR tsY normalcase c10|fsN fwR normalcase tsY c10|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase tsY c10|fwR tsY normalcase c10|normalcase tsY c10|content-inner||