Dicas e Novidades

Terapia: descubra se você precisa fazer com 8 sinais

Publicado em 16/09/2014 às 18h13

Todos passam por períodos de estresse, tristeza, dor e conflito, mas nem sempre é possível lidar com estes sentimentos sem ajuda. O problema é que muitos evitam um terapeuta por ideias erradas, como a de que estes profissionais são indicados para “loucos” ou que buscar auxílio é um sinal de fraqueza. “Quanto mais cedo alguém recebe ajuda, mais fácil é para superar o problema. Haverá menos tempo e menos tensão e estresse envolvidos nisso”, disse o psicólogo Daniel J. Reidenberg. Para ajudar quem está em dúvida, o site Huffington Post reuniu oito sinais de que a terapia pode ser um caminho, listados pelos psicólogos Reidenberg, Mary Alvord e Dorothea Lack. Confira:

Todos os sentimentos são intensos: todas as pessoas ficam tristes e com raiva, mas com qual intensidade e frequência? O excesso contínuo destes sentimentos também pode indicar um problema. Outro item que deve-se ficar de olho é a catastrofização, que é uma forma intensa de ansiedade em que se  superestima as consequências negativas de determinado acontecimento. “Pode ser paralisante, levar a ataques de pânico e até mesmo fazer com que evite certas coisas”, disse a psicóloga Mary Alvord.

 

Quando uma situação traumática não sai da cabeça: a dor causada pela morte de um ente querido, perda do emprego ou fim de um relacionamento pode levar à necessidade de terapia. Muitas vezes, as sensações ruins somem com o tempo, mas, em alguns casos, persistem e passam a prejudicar a vida da pessoa. Entre as reações estão se afastar de amigos ou se aproximar demais deles e a incapacidade de dormir.

Dor de cabeça e baixa resistência: você tem dores de cabeça inexplicáveis, dores de estômago ou resfriados recorrentes? Pesquisas confirmam que o estresse pode se manifestar como doenças físicas. Entre as queixas também estão pontadas musculares (sem prática de atividade física) e dor no pescoço.

Uso de substâncias: se você está bebendo ou usando drogas em maior quantidade ou pensando mais em lançar mão dessas substâncias, pode ser um sinal de que você está procurando formas de anestesiar sentimentos. Alterações no apetite (para mais ou menos) também podem ser sinais de que a pessoa está com problemas em lidar com o estresse. 

Receber feedback negativo no trabalho: mudanças no desempenho profissional  são comuns entre aqueles que lutam com problemas emocionais ou psicológicos. Você pode se sentir desconectado de seu trabalho, mesmo quando ele costumava lhe deixar muito feliz.

Deixar de gostar de atividades prazerosas: se as atividades que considerava prazerosas deixam de ter significado, pode ser um sinal de que algo está errado.

Relacionamentos tensos: nos relacionamentos, tem dificuldade de dizer o que realmente sente ou até de identificar o que está sentindo? Se você se sente constantemente infeliz durante as interações com familiares e parceiro, pode ser um candidato à terapia familiar.  

Amigos estão preocupados: seus amigos costumam notar mudanças no comportamento e alertar. Se você já ouviu perguntas como “está acontecendo algo?” e “está tudo bem?”, talvez seja melhor buscar a ajuda de um profissional.

 

Fonte: Terra

 

 

Categoria: Orientações Gerais

voltar para Dicas e Novidades

left show fwR tsY bsd sbww b03s c05|left tsN fwR show b03s bsd|left show b03s bsd tsN fwR|sbse||image-wrap|news login fwB fwR tsY normalcase c10|fsN fwR normalcase tsY c10|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase tsY c10|fwR tsY normalcase c10|normalcase tsY c10|content-inner||